26/09/2012

Fotodepilação


Oi gurias!

  Hoje vim falar pra vocês um pouco mais sobre a fotodepilação.
  Pretendo logo logo passar por este procedimento, devido a alguns distúrbios hormonais eu tenho um crescimento de pelos um pouco excessivo que me deixa louca!
  Então vamos ao que interessa...


  Como funciona?
 A fotodepilação destrói o folículo piloso (pelo), utilizando flashes de luz controlados.
  Ou seja, o calor é absorvido pela melanina presente no pelo, provocando um superaquecimento do folículo piloso e das células germinativas que ficam ao seu redor, destruindo o folículo e os vasos que nutrem, ocasionando a eliminação dos pelos e uma depilação duradoura.

 Por que são necessárias várias sessões de fotodepilação?
 A fase inicial (anágena) é a melhor fase para o tratamento com a Luz Intensa Pulsada, pois atinge o bulbo piloso, destruindo as células germinativas e os vasos que o nutrem, inibindo o surgimento de um novo pelo.(Fase em que o pelo apresenta maior quantidade de melanina.)
Como os pelos encontram-se em diferentes fases de crescimento, são necessárias várias sessões para que todos os pelos  da área tratada sejam atingidos na fase inicial e assim eliminados.

 Recomendações para o tratamento de fotodepilação:
- Não utilizar nenhum medicamento fotossensibilizante antes do tratamento. (Ex: Rouacutan)
- Não utilizar produtos agressivos a pele como peelings médicos (ácidos em geral), cremes compostos por vitamina A e ácido retinóico (creme anti-idade).
- Não realizar métodos de depilação que arranquem o pelo pela raiz no mínimo duas semanas antes do tratamento. Durante o tratamento nunca usar depiladores mecânicos
- Evitar exposição solar (bronzeamento) por até 2 semanas antes e depois do tratamento.
- É aconselhável que o pelo esteja recém raspado, com lâmina. (1 dia antes do tratamento) 
- Evitar utilização de água quente e atividades que aumentem o calor corporal nas 48 horas seguintes ao tratamento.
- Não utilizar produtos que contenham álcool por até 3 dias após o tratamento.
- Realizar a sessão com a pele limpa, sem desodorantes, cremes ou maquiagens.
- Evitar o uso de jeans e roupas justas no dia do tratamento.

Contra-Indicações da fotodepilação:
Gravidez e amamentação
Medicações fotossensibilizantes
Aplicação em nevos displásicos
Aplicação em tatuagens
Patologias cutâneas (vitiligo, lúpus, doenças fotossensibilizantes)
Epilepsia
Infecção ativa de herpes simples (caso seja na área tratada)
Pele bronzeada
Fototipo VI (pele negra intensa)
Cancer

As dúvidas frequentes são:

Posso depilar com cera entre as sessões?
Não. Todo o procedimento que arranca os pelos pela raiz prejudica a eficácia da fotodepilação. Só é permitido usar lâmina ou creme depilatório.

Posso tomar sol?
 Não pode tomar sol ou ficar exposto aos raios UVA por um período de 15 dias antes e 15 dias depois após o tratamento. Nos demais dias do mês é necessário usar protetor solar PFS 30 ou maior.

 O tratamento é definitivo?
 Não. O tratamento não é definitivo, embora ofereça resultados de longa duração. Após o tratamento é necessário, em média, uma sessão anual de manutenção (dependendo do tipo da pele e do tipo de pelo).


  Então gurias está é a minha dica para acabar com os indesejáveis pelos por um longo período de tempo. 
  Mas é importante lembrar que antes de começar esse processo é indicado que você visite seu dermatologista, para que ele diga se sua pele é adequada para este tratamento. Eu já visitei o meu, fiz todas as minhas perguntas e estou ansiosa para começar! 

Aqui em RG vocês podem encontrar esse serviço na Clinica Pura que é onde pretendo fazer, pois lá é possível o acompanhamento do meu dermatologista e na D'pil.



Rua Barão de Cotegipe, 487
Fone: (53) 2125-3347 




                             
Rua Dr. Nascimento, 469






E vocês alguém já se interessou pelo tratamento? Ou já começou?
Quem fez o que achou? Deixe seu depoimento!





0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre o que achou do post. Sua opinião é muito importante pra nós!