10/01/2013

O gosto pelas pequenas coisas.


Quero sentir a sutileza do mundo e do dia ao tocar com o vento os meus cabelos. Quero ver o sol brilhar em uma tarde de sábado e não em uma tarde em que eu esteja na estrada para Pelotas. Quero a tua companhia numa tarde e em todas as outras. Quero que me faças sentir o gosto do mundo a toda hora e que me faças crer que esse gosto do mundo é para nós, assim mesmo, como fazes todos os dias sem nem perceber. Quero ver que o dia está radiante, assim como nós.
Quero saber que mais um livro está a minha espera para mais uma história na qual vou chorar feito um bebê e depois dizer "Que final perfeito". Quero poder perceber que existem ao meu redor, pessoas que necessitam mais de ajuda do que eu, com os meus míseros problemas e que existem pessoas que se contentam com muito pouco, mesmo não tendo praticamente nada mesmo assim, do jeito delas e entre as suas dificuldades, acham sempre um jeitinho para ser feliz.
O gosto do mundo deve ser isso mesmo.. A felicidade nos mais simples detalhes, nos mínimos detalhes, mas que fazem toda diferença. Deve ser também passar por cima das barreiras impostas pela vida e acho que o gosto do mundo todos deveriam pelo menos, tentar sentir. Sei que ainda não o conheço, ainda nem faço ideia do quanto ele deve ser saboroso pois ainda tenho muita coisa para viver mas esse gostinho que eu estou sentindo agora, me satisfaz. E por enquanto me satisfaz a ideia de que o gosto do mundo seja isso, as pequenas coisas e que muita gente não consegue perceber. Pode ser uma simples folha caindo da árvore e a sua ilustre beleza ao se desprender e tocar o chão. A chuva caindo e o cheirinho de terra molhada. Um casal de idosos passeando de mãos dadas pela rua ou um simples cachorrinho te perseguindo pela calçada. 
É na simplicidade que se encontram as melhores coisas, os melhores sorrisos, as melhores amigas, os melhores abraços. É na simplicidade que a gente se encontra, que eu me encontro e que eu me faço. É nisso que eu me agarro. Nas pequenas coisas, que fazem a diferença, mas que infelizmente, quase ninguém as percebe.



3 comentários:

  1. Que bom essa nova colaboradora, adorei! Júlia querida to adorando teus textos amada, parabéns. Vem com tudo!! Beijão
    Rillary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rillary! Que bom que gostas, nós também estamos amando todos os textos da Julia! Com certeza é uma parceria que vai continuar dando certo! Um beijo, Mari

      Excluir
  2. Oi Rillary querida, muito obrigada mesmo, é muito ler isso e espero que gostes dos próximos também. Minha parceria com as gurias já começou muito bem e espero que só melhore! Beijão :)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário sobre o que achou do post. Sua opinião é muito importante pra nós!